Doutorando da Anhembi firma parceria com Studio em projeto inovador

Roberto Reiniger, Mestre e Doutorando em Comunicação Audiovisual pelo Programa de Pós-graduação da Anhembi Morumbi, iniciou este semestre uma parceria com o Studio Fátima Toledo.

O projeto proposto conta com um conceito inovador ao trazer para a área de estudo uma metodologia que medirá a funcionalidade cênica de sua escrita. Com isso, a equipe técnica do Studio Fátima Toledo e seus atores em formação testarão todos os detalhes de cada avanço do projeto de Reiniger em leituras, discussões e gravações das cenas escritas. Otimizando assim o resultado final de sua criação.

Fátima Toledo é uma figura importante na história do cinema brasileiro. A profissional atuou em produções como “Pixote – A lei do mais fraco” (1981) e sucessos de bilheteria como “Central do Brasil” (1998), “Cidade de Deus” (2002), “Cidade Baixa” (2005), “Céu de Suely” (2006), “Tropa de Elite” (2007), entre outros. A escolha desse estúdio para a parceria também se deu por conta do método próprio de preparação de elenco utilizado por Fátima Toledo, que preza pela qualidade cênica e pelo crescimento profissional do ator.

Boa sorte a nosso docente e doutorando em sua pesquisa!

Tomado de: http://portal.anhembi.br/noticias/doutorando-da-anhembi-firma-parceria-com-studio-em-projeto-inovador/

Anuncios

Almodovarianas: a função narrativa das encenações dos números musicais na filmografia de Pedro Almodóvar

Roberto

Detalhes do produto

  • Capa comum: 200 páginas
  • Editora: Editora Jogo de Palavras (2 de setembro de 2018)
  • ISBN-10: 8566626621
  • ISBN-13: 978-8566626629
  • Dimensões da embalagem: 21 x 14 x 2 cm

Descrição do Produto

O estudo apresentado neste livro analisa a presença constante de números musicais nos filmes de Pedro Almodóvar. Até 2018, em sua filmografia, ele assina a direção de 20 longas-metragens, dos quais 14 possuem este tipo de cena. Tratam-se de encenações que podem atuar nas construções de suas personagens e interferir no desenvolvimento narrativo. Para que se analisassem tais pressupostos, foram escolhidos quatro de seus filmes: “Que eu fiz para merecer isto?”, “A lei do desejo”, “Má educação” e “A pele que habito”. Estes concentram e melhor forma as questões teóricas aqui levantadas em suas análises desenvolvidas e permitem visualizar, em momentos distintos, a trajetória da encenação dos números musicais nas obras almodovarianas. Diálogos com teóricos e críticos de cinema, como David Bordwell e Frederic Strauss, norteiam esta análise fílmica. E no que tange a relação entre o indivíduo e a construção de sua identidade, aplicaram-se os conceitos de Jean Baudrillard como ferramenta de análise das personagens nos números musicais aqui abordados.

Arte, activismo y comunicación

Les invitamos a presentar comunicaciones a las Jornadas Académicas: “Arte, activismo y comunicación en el ámbito académico: perspectivas de transformación y evaluación de su impacto social”, que tendrán lugar en la Facultad de Ciencias de la Comunicación de la Universidad de Málaga el 10 y 11 de diciembre de 2018.
En el adjunto se encuentra toda la información necesaria en este sentido. Se amplia hasta el 18 de septiembre la entrega de propuestas de comunicación.

Muchas gracias y saludos,

Ana Sedeño Valdellós
Comité de Dirección y Organizador
Facultad de Ciencias de la Comunicación de la Universidad de Málaga

Arte, activismo y comunicación

 

 

 

 

Crea un blog o un sitio web gratuitos con WordPress.com.

Subir ↑

denis renó

minhas ideias sobre sociedade e ecologia dos meios

Narración audiovisual

Cátedra de la Facultad de Comunicación de la Universidad Austral

Jerónimo Rivera Presenta

Cine, Tv y Cultura entre amigos